Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Dia da dança
Início do conteúdo da página

Dia da dança

Publicado: Segunda, 29 de Abril de 2019, 16h48 | Última atualização em Segunda, 29 de Abril de 2019, 17h02

Poéticas do Corpo comemora a data com apresentação de ritmos para todos os gostos

Poeticas do corpo 28Para celebrar o dia Internacional da Dança, os integrantes do grupo de dança do IFSULDEMINAS – Campus, ‘Poéticas do Corpo’ levaram para os intervalos das aulas, uma série de apresentações e ritmos variados de dança. “Apresentamos vários estilos de dança para integrar os alunos e mostrar que dança é uma arte que a gente sabe fazer, é algo nosso, que está dentro de nós”, disse um dos monitores Thiago Henrique de Lima – aluno do 3º ADM.

O Poéticas do Corpo surgiu em 2013, com alunos do primeiro curso integrado do Campus. De lá para cá, os estilos foram de diversificando e grupo se tornou eclético, aberto a qualquer aluno que, simplesmente, goste de dançar. “Prezamos por integrar todas as pessoas e conhecer todos os estilos de dança. É um grupo muito eclético que busca integrar todos os estilos de dança no grupo. Cada um gosta de um estilo e damos liberdade para eles trabalharem o que mais se sentem a vontade”, contou Júlia Beraldo – 3º EDF, uma das monitoras do projeto.

Nas apresentações, samba, ballet, dança contemporânea, acrobacia, com muita concentração e uma dose, na medida, de sensualidade. “Hoje trouxemos vários estilos de dança para mostrar que o Poéticas não foca apenas em um estilo e também para mostrar que estamos abertos a novas ideias”, explicou a monitora do projeto Gabriela Junqueira – 3º ADM.

Para o professor de Artes do Campus, Emerson Simões, a diversificação de ritmos do Poéticas é o que faz do grupo, a cara do IF. E ele reforça. “Não existe um corpo perfeito para a dança. A dança é uma forma de linguagem. Cada um tem uma linguagem corporal própria e nesse contexto a dança se encaixa. Alguns tem mais facilidade técnica, mas nada impede que o outro não adquira essa técnica depois. Vamos trabalhando todos dentro dos seus limites e o resultado se concretiza em uma coreografia, no palco”.

Dia Internacional da Dança

O dia 29 de abril foi escolhido pela UNESCO como o Dia Internacional da Dança por ser a data de nascimento do mestre francês Jean-Georges Noverre (1727-1810). Ele ultrapassou os princípios gerais que norteavam a dança do seu tempo para enfrentar problemas relativos à execução da obra. Sua proposta era atribuir expressividade a dança por meio da pantomima, a simplificação na execução dos passos e a sutileza nos movimentos. 

Por coincidência, entre os brasileiros a data também pode estar associada ao aniversário de uma personalidade de indiscutível importância: Marika Gidali, a bailarina que, com Décio Otero, fundou o Ballet Stagium em 1971 em São Paulo, para inaugurar no Brasil uma nova maneira de se fazer e apreciar dança.

O Dia Internacional da Dança é importante como mais um espaço de mobilização em torno deste assunto. Alguns dos objetivos desta comemoração é aumentar a atenção pela importância da dança entre o público geral, assim como incentivar governos de todo o mundo para fornecerem melhores políticas públicas voltadas à dança. (Wikipédia)

Assessoria de Comunicação
IFSULDEMINAS - Campus Pouso Alegre

registrado em:
Fim do conteúdo da página