Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Projeto Eight
Início do conteúdo da página

Projeto Eight

Publicado: Sexta, 20 de Setembro de 2019, 15h09 | Última atualização em Sexta, 20 de Setembro de 2019, 15h13

Metodologia de ensino que começou em Brasília motiva alunos de Engenharia Civil do IFSULDEMINAS

Alunos se divertem e aprendem em um talk show, umas das atividades do Eight

Talk show 7Engajar, incentivar e despertar o interesse de estudantes nem sempre é tarefa fácil para educadores. Sempre atento a novas metodologias, o professor da disciplina ‘Projeto Arquitetônico’, Gustavo Reis, trouxe para o curso de Engenharia Civil do IFSULDEMINAS – Campus Pouso Alegre o ‘Projeto Eight’. A proposta alia aprendizado, crescimento individual e soluções para problemas enfrentados pelas comunidades nas quais os alunos estão inseridos.

O projeto começou na Universidade de Brasília, idealizado pelo professor Ricardo Fragelli e avançou para instituições de ensino de diferentes partes do país. As atividades ficam a cargo dos próprios estudantes e incluem talk shows, visitas técnicas, intervenções acadêmicas e sociais, além de um evento final intitulado Eight. Nele, os alunos fazem apresentações de até oito minutos, inspiradas no modelo de palestras do TED (sigla para Tecnologia, Entretenimento e Design, em inglês).

No Campus Pouso Alegre, os alunos do quarto período de Engenharia Civil idealizaram e apresentaram o talk show ‘Viveiro’, umas das atividades do Eight. “Ao invés das aulas expositivas em sala de aula, temos ações e tarefas num trabalho em equipe. O aluno é bombardeado com informações de múltiplas formas, o que faz com que ele absorva o conhecimento de uma maneira mais fácil, mais fluida, não decorada mas, sim, compreendida”, explicou o professor Gustavo.

Foram dois dias de apresentações. Sete equipes apresentaram temas escolhidos por eles e buscaram informações complementares para sanar as dúvidas que Talk show 58tiveram durante o processo de elaboração da apresentação. Os trabalhos contaram com a participação de especialistas do IF e externos. “Achei muita válida essa inteiração entre alunos e profissionais. Ajuda a enfatizar a aplicabilidade de todo o conteúdo da sala de aula. Gostei muito da dinâmica implantada. O formato, ao mesmo tempo que é descontraído foca no aprendizado e obriga o aluno a prestar a atenção”, disse Felipe Bechara, arquiteto e urbanista, um dos convidados do show.

Para os alunos, foi uma experiência única. “Diferente do que estamos acostumados. O que mais achei interessante é que estamos podendo ver coisas que não veríamos no decorrer do curso: desempenho ambiental, novos métodos, como determinado ambiente pode ficar esteticamente. E saber usar eficiência e o desempenho ambiental em um só projeto garantindo um ambiente agradável”, contou Sabrina Cardoso Oliveira, aluna de Engenharia Civil.

Para Carolina Galhardo, arquiteta e urbanista, uma das especialistas convidadas do show, o formato de apresentação dos trabalhos realmente motiva o aprendizado dos alunos. “Poderia ser simplesmente um trabalho apresentado dentro de sala de aula. Eles iam aprender o conteúdo, mas assim fica mais dinâmico devido à organização e à movimentação. E essa integração faz parte da função da universidade que é preparar o aluno para uma vida profissional fora da instituição de ensino”.

Assessoria de Comunicação
IFSULDEMINAS – Campus Pouso Alegre

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página